Pular para o conteúdo

Os Sons do Mar da Croácia

Descrição

OS SONS DO MAR DA CROÁCIA

De Zagreb a Dubrovnik   8 dias / 7 noites

1ºdia – ZAGREB  Chegada a Zagreb, capital da Croácia.  Recepção pelo guia acompanhante (falando português)  Jantar , alojamento no hotel.

2ºdia – ZAGREB Café da manhã no hotel. Visita guiada da cidade de Zagreb.  Zagreb deve a maior parte da sua beleza e charme ao período do Barroco, Classicismo e Arte Nova … A capital de pouco mais de 800 mil habitantes ainda tem aquele clima esperado por quem visita o Leste Europeu, com prédios históricos, igrejas, ruelas e monumentos. Junto da rica história, some excelentes e modernos cafés, bares, restaurantes e lojinhas. Um prato cheio pra ser descoberto mesmo que em pouco tempo.

O centro histórico, onde estão as principais atrações, é dividido em duas partes: Cidade Alta e Cidade Baixa. Dá pra percorrê-las a pé ou, caso prefira, de tram, os bondes elétricos que circulam por todos os cantos.

A visita inclui a Cidade Velha com a Catedral, as muralhas, o Parlamento, a Igreja de Santa Catarina, a Igreja de São Marcos… na cidade alta você pode curtir a Rua TKALČIĆEVA. Essa charmosa ruela é dominada por bares, cafés e restaurantes com mesas ao ar livre. É um point animado nos dias de sol, principalmente nos fins de semana, além de ser um dos melhores points da noite de Zagreb também. Recomendamos o Bar Medvedgrad, com pratos acessíves e muita cerveja artesanal. É o local indicado para encerrar o dia, num happy hour que pode estender-se como jantar. Pernoite em Zagreb.

3ºdia  ZAGREB– RIJEKA- OPATIJA  Café da manhã. Saída para Rijeka , a terceira maior cidade croata e o principal porto do país. Rijeka é a sede do Teatro Nacional Croata Ivan Zajc, construído originalmente em 1765, bem como da Universidade de Rijeka, fundada em 1632.  Visita da catedral Santa Anastásia construída no séc. XII e XIII. A seguir, visita do sanctuário da Nossa Senhora de Trsat situado no topo de monte Trsat com a vista a Rijeka. Conforme a lenda, em 1291 tinha aparecido lá a casa da Nossa Senhora de Nazaret para depois misteriosamente desaparecer e reaparecer só em Lorete na Itália. Visita da Igreja de São Vitus construída pelo modelo da basílica Santa Maria della Salute em Veneza.

 

Opatija , uma vila a 16 km de Rijeka, é a mais conhecida destinação tuística da Baía de Kvarner, na costa adriática, com os seus passeios, hotéis, parques, jardins e vivendas de luxo. Era o balneário mais chique para a elite de Austro-húngaro durante os dias do Império Austro-Húngaro. Que tal uma dica curiosa? Para quem é enófilo e sempre esteve acostumado com vinhos de países tradicionais, aqui poderemos visitar uma vinoteca local e conhecer (e comprar) vinhos croatas. A Croácia possui uma longa tradição vitivinícola que vem desde os tempos dos colonizadores gregos. Embora não tenha alcançado ainda renome mundial, a produção vinícola da Croácia tem aumentado bastante e já apresenta muitos exemplares que se destacam e impressionam. Por isso, com certeza, agora, sabendo disso, em nosso jantar livre, certamente pediremos vinho local: crota. Hospedagem nesta bela região.

 

4ºdia – ISTRA TOUR  Café da manhã no hotel.  As mais fascinantes cidades desta região, que também ocupam o topo do património cultural da Croácia e da Europa, estão situadas na costa ocidental da península istriana. Aqui: Separei, Viajei…Respirei História!

Pula – com a sua rica herança da Antiguidade, como o impressionante Coliseu Romano, o Templo do Augusto, a Porta Dourada (Porta aurea), Arco de Triunfo,  é também conhecida como a cidade que recebeu durante um ano o famoso escritor irlandês James Joyce. Embora fique fora dos roteiros mais tradicionais pela Croácia, Pula é uma cidade que respira essa história toda e tem algumas das praias mais bonitas do lado croata do Mar Adriático. Ela fica na região da Ístria, no extremo norte do país, alguns quilômetros abaixo da cidade italiana de Trieste. Como a região já pertenceu à Itália, é justamente essa influência do país vizinho que faz toda a diferença e enche os olhos de quem visita o destino.

E quem disse que Coliseu é privilégio apenas de Roma? Popularmente conhecido como Arena, o Anfiteatro Romano é a principal atração da cidade, localizado na entrada das ruelas do Centro Histórico. Datado do Século I, o impressionante “estádio” que de cara lembra exatamente o Coliseu de Roma serviu de arena para exibição de lutas de gladiadores durante o domínio italiano. Há ainda um cemitério enorme, mencionado por Dante em sua obra “A Divina Comédia”.

DICA: Talvez pela influência italiana e a proximidade com o país, para o qual existem inclusive ferry boats para passageiros, não deixe de provar o sorvete PERFEITO e bem barato. Como iremos visitar outras cidades da Croácia, é bom sabermos que aqui ele chega a custar até quatro vezes menos que em Dubrovnik, por exemplo.

Rovinj – uma cidade tipicamente mediterrânea, com as ruas pitorescas, as casas coloridas e a lindíssima igreja de Santa Eufêmia, a santa padroeira da cidade –  tudo dentro das muralhas. As ruas e casas estreitas e coloridas são um marco da cidade de Rovinj, na região da Ístria. Sim, Rovinj é toda colorida, mantendo um aspecto romântico que é único no país. Essa característica torna Rovinj um cenário de cinema, muito apreciado por visitantes de todo mundo.

 

Ainda visitaremos a pequena cidade de Poreč, literalmente um museu ao ar livre, mais conhecida pela Basílica Eufrasiana, um exemplo único da arquitetura cristã do séc. VI e protegida pela UNESCO.

Jantar livre e alojamento em hotel na região de Opatija.

5ºdia – OPATIJA – PLITVICE – ZADAR  Café da manhã e saída para Plitvice , o mais atraente e mais conhecido Parque Nacional da Croácia. Aqui: Separei…Viajei…Perdi o Fôlego! De tanta beleza natural. É uma zona  florestal, também protegida pela UNESCO, com os 16 lagos comunicados por 92 cataratas e cascatas que vertem as suas águas no rio Korana, depois de descer um total de 135m. Se você procura por paisagens naturais de tirar o fôlego e que parecem ser de mentira, os Lagos Plitvice na Croácia não irão decepcionar pois são um verdadeiro fenômeno da natureza, com paisagens únicas e de extrema beleza. O Parque Nacional dos Lagos Plitvice é a atração mais popular da Croácia.

 

Daremos um passeio de barco pelo lago Kozjak, continuando para o lago de Glovac e regresso em trem do parque ao local inicial.    Jantar livre e alojamento em hotel da região de Zadar.

6ºdia  ZADAR – TROGIR – SPLIT  Café da manhã. Prosseguimento para Zadar , cidade situada na costa do mar Adriático, onde visitaremos importantes monumentos entre os quais o Fórum Romano e a Basílica de São Donato do séc. IX. Sim, a cidade parece saída de uma caixinha de montar, brinquedo antigo …

As duas atrações turísticas mais recentes de Zadar, únicas no mundo, são o Órgão do Mar e Saudação ao Sol. Aqui: Separei, Viajei…me surpreendi! Conheci algo, de fato diferente de tudo. Zadar tem a fama de ter o pôr do sol mais bonito do mundo. E muita gente vem até Zadar para ver isso de perto. É mesmo espetacular. Mas o grande protagonista não é o sol em si. Às margens do Mar Adriático, o Órgão do Mar (Sea Organ) e o monumento Saudação Ao Sol (Greeting to the Sun) são as grandes estrelas. Òrgão do Mar vai nos fazer andar de lá pra cá e de cá pra lá, num vai e vem incansável admirando algo tão excêntrico e criativo. O incrível órgão do mar, atualmente é a principal atração da cidade. Trata-se de uma engenhoca projetada por um arquiteto local, chamado Nikola Basic, com um sistema de tubos e apitos sonoros localizados na parte subterrânea de uma pequena escadaria de pedra perfurada junto ao mar, que sopram suspiros tristes e melancólicos, cuja intensidade sonora varia conforme a maré, a força da água e até mesmo pela vibração das ondas causada pela passagem de barcos. A água do mar entra pelos orifícios subterrâneos e empurra o ar dentro dos tubos, gerando um som hipnótico e quase desafinado, cativando uma grande leva de pessoas curiosas, que tentam compreender o inusitado da situação.

 

Ao lado, fica o painel luminoso, um enorme círculo com cerca de 22 metros de diâmetro, acoplado ao chão e bem visível no período noturno, chamado de saudação ao sol. Foi projetado pelo mesmo arquiteto, e é formado por 300 placas de vidro que armazenam a energia solar e a claridade ao longo do dia, para então oferecer à cidade, à partir do pôr-do-sol, um contínuo espetáculo de luzes e cores noite adentro, entusiasmando o mais cético dos observadores.

Deixaremos Zadar com a certeza de que o turismo pode nos surpreender trazendo para a nossa vida um local que pode ser de fato diferente.

Seguiremos a caminho de Split, visitando Trogir. Os colonos gregos fundaram Trogir no séc. III a.c. É a cidade mais antiga e mais charmosa da Croácia e, depois de passar pelas “mãos” de diversos povos como gregos, húngaros, romanos, venezianos, austríacos, franceses e italianos, em 1997 foi declarada como Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

A cidade, na verdade, é uma ilha que se conecta com o continente por uma ponte e pode ser acessada pelo portão da Terra ou pelo portão do Mar, já que a cidade é praticamente toda murada (parte do muro foi destruído no século XIX durante uma disputa de terras).

 

Chegando em Trogir, parece que estamos voltando no tempo, a cidadezinha tem vielas perfeitas para passear e se perder, o chão, característico da cidade é claro e o clima medieval impera!! Um lugar gostoso, no caminho que estamos fazendo de Zadar a Split.

E então chegamos a a Split. O imperador romano Diocleciano passou a última parte da sua vida no palácio enorme que construiu aqui e ao redor do qual desenvolveu-se a cidade. A visita inclui: o Palácio de Diocleciano (também Património Cultural da UNESCO), o Mausoléu,a bela catedral de São Duje, o templo romano dedicado a Júpiter.

 

Há um mirante muito legal em Split. Do mirante, temos uma visão panorâmica de Split, vale a pena a caminhada até lá. No local ainda tem um restaurante, que serve água, drinks e pratos rápidos. E, se desejarmos ir às compras, a bela rua Marmontova, cheia de lojas, é a melhor indicação.

Split tem uma característica muito pitoresca, seu ponto alto é o centro antigo que fica exatamente em frente ao porto e dentro dos muros do Palácio de Diocleciano. O palácio é um dos maiores e mais bem preservados do mundo romano. As construções que hoje existem ali são na maioria da Idade Média e Renascimento, mas todas convivem harmoniosamente com os elementos originais do palácio: nichos, colunatas e passagens subterrâneas. Merecidamente, Split foi declarada pela Unesco como Patrimônio Histórico da Humanidade.

complexo do Palácio de Diocleciano é todo murado e tem a forma de um retângulo de 215 x 180 metros. Dizem que foi concebido conforme a vontade do imperador, com muito luxo para a época. Uma rua central divide o complexo em duas partes: a ala sul era onde ficava o imperador e a ala norte era composta por dois blocos residenciais para os trabalhadores e guerreiros. Essa rua vai do Portão de Ferro ao Portão de Prata. Além desses portões há outros dois: o Portão de Latão e o Portão de Ouro.

Aqui Separei…Viajei…me lambuzei! Preste atenção nos azeites croatas. Eles são considerados dos melhores do mundo. Superiores aos azeites gregos. Voltemos às compras?

Jantar livre e alojamento em hotel na região de Split. Agora você já sabe: Quando lemos “palácio” de Diocleciano pensamos em um museu ou algo assim. Mas não, ele não é um simplesmente um edifício. Na realidade é dentro de suas muralhas que ficam as vielas de pedras com restaurantes, bares, lojinhas, hotéis e apartamentos. E no Palácio de Diocleciano onde está o grande burburinho de Split poderemos escolher um local para o jantar de forma livre e ao gosto de cada um.

7º dia – SPLIT- DUBROVNIK  Logo após o café da manhã sairemos de Split ao longo da estrada costeira até Dubrovnik, e vamos juntos testemunhar a beleza daquela que é considerada como uma das costas mais fascinantes da Europa. Assim chegaremos a Dubrovnik „ Pérola do Adriático“. Dubrovnik é uma página viva da história e a céu aberto. Fundada no século VII, tornou-se uma das primeiras repúblicas do mundo (ainda no século XIV) e rival marítima de Veneza sob o nome de Ragusa (como a chamam os italianos). No século XIX, ficou sob o domínio de Napoleão e, mais tarde, já nos anos 90, protagonizou cenas tristes ao sofrer grandes bombardeios na Guerra Civil Iugoslávia. Haja história!

Velha Dubrovnik é uma cidade medieval amuralhada e é no cenário formado por suas ruas e casas de pedra que acontece todo o burburinho da cidade. São dezenas de lojas, restaurantes, bares, além de museus e igrejas. É uma velha senhora que mantém-se eternamente jovem.

Placa Ulica (ou Stradun) é a principal rua da cidade, que assim como as demais dentro da muralha, é fechada para carros. E esse é um dos pontos altos de Dubrovnik, você poder se perder nesse labirinto de ruelas sem ter que dividir espaço com veículos. Aproveite para caminhar sem rumo e tomar um sorvete, que rivaliza com os melhores italianos.

Dubrovnik é um aglomerado arquitetônico único, rodeado da muralha calcária com cerca de 2km, com multiplas igrejas e cerca de 80 palácios, inscrito na lista de cidades Património da Humanidade, tem uma história ímpar no seio de um mundo que foi dominado quer pelos venezianos quer pelos turcos. Apesar de tudo, a cidade soube manter a sua autonomia, fruto de alianças e coragem do seu povo. A Igreja de São Francisco, com a farmácia mais antiga da Europa, a Catedral, os Mosteiro Franciscano, a zona portuária…isto é só uma parte dos locais que valerão a pena visitar. Anexa ao convento franciscano e acessível através de um dos claustros deste, existe uma farmácia medieval, fundada em 1317, o que faz dela uma das mais antigas do mundo e a farmácia mais antiga da Europa. E ainda em pleno funcionamento.

Com um dia inteiro na cidade, voce poderá encontrar tempo para, de forma livre, subir os 405m do Monte Srđ em poucos minutos, com o Bondinho de Dubrovnik, passeio que proporciona uma das vistas mais espetaculares da cidade. Fazendo isso ao cair da tarde você poderá receber como brinde um belo por do sol e acompanhar a acender das luzes da cidade.

8ºdia – DUBROVNIK   Café da manhã. Em horário combinado saída para  aeroporto.

Assim: Separei, Viajei…Retornei! Com a certeza de ter vivido uma experiência! Conhecer a Croácia de uma forma diferente do turismo convencional. Natureza, História, Gastronomia e muita Beleza! Uma semana incrível que renovou a minha vida!


Valores

Para este programa EXCLUSIVO E MAGNIFICO, de nuances únicas e vivências, as condições gerais são:

Tarifa parte terrestre por pessoa em EUROS na acomodação escolhida a partir de:

Duplo E 1864
Single E 2325

 

Pagamento: por pessoa

DBL = E$ 559 entrada à vista e saldo em até 9x U$ 145 no cartão

SGL = E$ 696 entrada à vista e saldo em até 9x U$ 181 no cartão

A vista com 10 % desconto.

Os valores serão fixos em reais, ao câmbio turismo do dia de fechamento.

Inclui :

 

- 7 noites de hospedagem em hotéis selecionados em cada cidade

- Acompanhante – guia em Português durante todo o trajeto

- Todos os transferes envolvidos no itinerário realizados em ônibus de alta qualidade, exclusivo para o grupo

- City tours com guias locais nas seguintes cidades:

- Zagreb , Rijeka , Pula , Zadar , Šibenik , Split, Dubrovnik

- Entradas incluídas para as visitas:

Roman Amhitheate Arena in Pula,

Plitvice Lakes ,

Diocletian Palace Split ,

Dubrovnik Card entradas:

City Walls, Rector Palace Historical Museum, Franciscan Monastery and other museums + free public transport

Todas as taxas locais e VAT (impostos)

Seguro cobertura EUR 30.000 para o período.

 

Programa preparado para base mínimo 15 pessoas viajando juntas. Consulte tarifas para individuais.

 

Hotéis selecionados (ou similares) 

Zagreb: hotel International**** www.hotel-international.hr/ ou Palace**** http://palace.hr  ou similar

Rijeka / Opatija area :  Hotel Bonavia**** www.bonavia.hr/  ou Admiral  **** www.liburnia.hr/en/hotel-admiral ou similar

Zadar; Hotel Kolvare**** www.hotel-kolovare.com  ou sim.

Split: Hotel Corner **** www.smokvina.com/aranzmani/hoteli/hotel-corner ou sim.

Dubrovnik : Hotel Adria Dubrovnik**** www.hotel-adria-dubrovnik.com/ ou similar

 

BÔNUS: Você tem direito a um Bônus SV = Desconto de U$ 100 para reserva, aquisição e fechamento do programa até o dia 15 de agosto 2018; ou um Bônus / Desconto de U$ 50 para reserva, aquisição e fechamento do programa até o dia 31 de agosto 2018.

Parte Aérea:

Saídas em outubro 2018 / abril e maio 2019.

Adesão U$ 240

Parcelamento em até 5x a 10x fixas em cartão, conforme a cia aérea
e conforme a classe tarifaria disponível no momento de sua reserva.

Já inclusas todas as taxas de embarque e adm.

A taxa de embarque poderá vir junto com a parcela 1, conforme a bandeira do cartão.

Valores “a partir de”: as tarifas são flutuantes diariamente.

Após reservado e pago, a tarifa é fixa e não varia, e as parcelas são lançadas FIXAS em R$ ao cambio IATA (menor) do dia de fechamento.

GARANTIA SEPAREI VIAJEI: nossa tarifa aérea NUNCA é superior a tarifa de cada cia aérea.

Não cobramos IOF e nem IRRF sobre remessa.

 

Passos para garantir lugar e realizar o fechamento:

  • Você receberá um e-mail em resposta, com a confirmação de reserva ou com aviso de lotação e pre-inscrição no próximo grupo (mesmo destino) pois os lugares são exclusivos e limitados a apenas 24 pessoas.
  • Havendo confirmação de lugar: o e-mail em resposta já conterá todas as instruções de como realizar pagamento de forma segura.
  • Dados de conta para deposito das entradas (terrestre + aéreo):

Caixa Econômica Federal   (Obs.: para quem é cliente da Caixa (TEV), o tipo = 003)

Blue Chip Viagens e Turismo Ltda

Agência 0370 conta corrente jurídica: 3356-9

Para TED usar este cnpj: 00.335.816/0001-76

 Compartilhar pacote:

Fotos

Pré-reserva

Inscreva-se para receber todas as informações do pacote.


Outros destinos